GOVERNO

640x128

Na foto, Cicíla Maia, reitora da UERN, e Maíra Bittencourt, diretora geral da EBC. - Foto: Agecom/Uern

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, assinou na quarta-feira (03/04) a portaria que autoriza a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) a executar o serviço de radiodifusão sonora por meio de canal em Frequências Modulada (FM) no município de Mossoró. A Portaria foi publicada na edição de hoje (04/04) no Diário Oficial da União.

O canal autorizado é o que funcionará a UERN FM, conforme termo de cooperação já assinado entre a Universidade e a EBC.

A reitora Cicília Maia comemora essa conquista: “Nunca desistimos de buscar nossa FM e nossa TV, essa é uma luta que vem de muito tempo. Feliz demais com a confirmação da parceria com a EBC para que Mossoró e região possam contar com dois canais públicos de comunicação, gerenciados pela Uern. Além de democratizar a comunicação, os canais possibilitam que nossos estudantes tenham uma formação mais completa”, comentou a reitora Cicília Maia.

A assinatura ocorreu durante o lançamento do seminário que anunciou o projeto TV 3.0, em Brasília, na sede do ministério. O pró-reitor de extensão da Uern, Esdras Marchezan, prestigiou o momento. “É mais um passo importante para a implantação da FM universitária da Uern”, disse. A Uern já está trabalhando, por meio de uma comissão especial, nos procedimentos necessários à implantação dos canais de rádio e TV, em parceria com a EBC.

Além do canal da UERN FM, foram autorizados também canais de TV digital e FM em mais sete cidades brasileiras. No caso da TV Digital, serão atendidos 137,9 mil moradores de Poções, na Bahia, e de Cáceres, no Mato Grosso. Essa medida proporcionará acesso a uma variedade de conteúdos educativos, informativos e de entretenimento, contribuindo assim para o desenvolvimento e o enriquecimento cultural dessas comunidades.

Já o Serviço de Radiodifusão Sonora em Frequência Modulada (FM) será implantado em Mossoró, Arapiraca (Alagoas); Campos dos Goytacazes (Rio de Janeiro); Divinópolis (Minas Gerais); Lençóis (Bahia); e Sobral (Ceará). Ao todo, a EBC levará o serviço de rádio para 1,4 milhão de pessoas.

O funcionamento de cada estação está condicionado à autorização para uso da radiofrequência e à emissão da licença de funcionamento.

Com informações do Ministério das Comunicações



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO