O Rio Grande do Norte registrou um crescimento de 2.062% nos números de roubo e furto de celulares, entre os anos de 2018 e 2021, considerando a taxa por 100 mil habitantes. O RN saiu 456 casos, em 2018, para 10.091 no último ano, o que equivale a 27 casos por dia, ou um aparelho levado a cada 53 minutos. Os números são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Esse aumento representa o maior durante o período dos três anos em todo o Brasil. O segundo maior foi o do Pará, com um crescimento de 51,1%. Outras nove unidades federativas aumentaram o seu índice.

O Anuário ainda aponta que 14 estados registraram uma redução nos números. Quatro não foram analisados por falta de dados.

Os crescimentos aconteceram em disparada anualmente. O RN passou dos menos de 500 registros em 2018, passou para 3.537 em 2019. Já em 2020, foram 7.367 ocorrências de furto e roubo de celulares, concluindo com os pouco mais de 10 mil em 2021.

96 FM



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem