Banner

OCULUM 600 120
Socorro Batista (Foto: José Aldenir)

A secretária estadual de Educação, Socorro Batista, afirmou que acionará a Justiça contra a presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Estado (Sinsp-RN), Janeayre Souto, devido às acusações de acúmulo irregular de vencimentos em cargos públicos feitas esta semana. A gestora destacou que, caso a sindicalista não prove as denúncias, incluindo a de que Socorro teria que devolver mais de R$ 851 mil aos cofres do RN, Janeayre terá que fazê-lo de forma judicial.

“Eu tenho como provar o que estou dizendo. Agora, eu quero que a pessoa que denunciou prove. Porque, se ela não fizer de uma maneira, vai fazer de outra. Pela via judicial, por exemplo”, disse Socorro, em entrevista à 96 FM nesta sexta-feira 14, quando confirmou que já havia acionado o sindicato. A secretária também explicou a situação atual de seus vínculos.

“Eu tenho vínculo e salário de aposentada da Universidade Estadual do RN (Uern), que faço jus em função dos anos de trabalho e dedicação aos estudos, porque sou, além de professora aposentada, doutora em Educação. Dois anos após a minha aposentadoria na Uern, fiz concurso para a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), lotada no campus de Angicos, e atualmente cedida ao Governo do RN, onde recebo 60%, e não o salário integral de secretária”.

Socorro revelou que não está preocupada em detalhar os fatos, pois “a Justiça está do meu lado em relação a isso”. “O que me deixa estarrecida é que uma instituição sindical que é financiada pelo dinheiro do servidor público, se preste, ao invés de colocar sua energia e sua estrutura a serviço dos sindicalizados, se dedique a macular a imagem de pessoas”, afirmou.

E classificou o caso como criação de factoides, fake news”. Ela destacou que o objetivo das denúncias feitas pelo Sinsp e por Janeayre é atingir a gestão da governadora Fátima Bezerra (PT). “O objetivo não sou eu, mas o governo da professora Fátima Bezerra. O objetivo não sou eu. A Secretaria de Educação está sendo usada para isso, o que é lamentável”, enfatizou.

“Aposentada em situação em hilária”, diz Socorro

Socorro Batista falou que Janeayre Souto se aposentou recentemente. “E numa situação bem hilária. Ela estava, desde julho do ano passado, numa situação irregular. No conceito dela, ela se classificaria como ‘fantasma’, mas o que aconteceu? Ela tinha uma cessão para o Sinsp, que foi concluída no ano passado”.

E disse que a sindicalista “há muito tempo, não sabe o dia a dia de uma escola”. “Ela estava à disposição do sindicato. A cessão acabou. Ela não podia mais renovar pelo Sinsp. E ela conseguiu uma outra instituição nacional, algo assim, que pediu a cessão dela”, afirmou.

Socorro concluiu: “Nós enviamos para a Procuradoria Geral do Estado (PGE-RN). Chegou o momento do Censo e, como ela estava desalocada, não poderia fazer o Censo. Sem fazer o Censo, ou voltaria a trabalhar ou teria o salário suspenso. Se aposentou. Foi o processo de aposentadoria mais rápido que vi”

Agora RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA