Escrita

Escrita banner

 

No último sábado (18/05), houve uma demorada reunião da diretoria do Psol em Mossoró e ao final, os partidários decidiram aprovar a indicação do professor Ronaldo Garcia para mais uma vez disputar a Prefeitura de Mossoró. A pré-candidatura ainda vai ser debatida com a REDE Sustentabilidade que integra a Federação.

Professor Ronaldo é servidor da Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA) e em 2020 concorreu pela primeira vez ao executivo mossoroense. Obteve 611 votos. A vice era Yasmin Dias.

“Tivemos uma reunião muito boa depois da conversa que tivemos com a Federação PT, PC do B e PV e decidimos que não vamos para nenhuma Frente Ampla, tão ampla que possa abarcar Lawrence Amorim (PSDB), que até ontem estava na panela do prefeito contribuindo com o seu cozimento. Prefeito Alysson Bezerra (UB), Genivan Vale (PL) e Lawrence Amorim não são nomes para Mossoró, nós merecemos muito mais, precisamos ser elevado a pelo menos a categoria de cidades como Campina Grande, não apenas na festa junina, mas em todos outros aspectos que aqui deixa muito a desejar”, explica sobre a decisão do partido.

Em contato com este Diário Político Garcia afirmou que a pré-candidatura tem “um olhar especial para as periferias e zonas rurais, cuidado com a educação, saúde e a segurança pública no que for da ossada do município, visto isto, o PSOL Mossoró trás à tona a possibilidade de participar efetivamente da vida pública do município apresentando uma opção de esquerda aos mossoroenses.”

Vonúvio Praxedes 


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA