GOVERNO

640x128

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, autorizou a prorrogação da permanência da força penal nacional no Rio Grande do Norte por um período de mais 60 dias. A portaria foi publicada na edição desta segunda-feira (13), do Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, os policiais ficarão no estado até o dia 8 de julho de 2024, com o objetivo de realizar treinamento, alinhamento de procedimentos de segurança e fluxos administrativos específicos na penitenciária estadual Rogério Coutinho Madruga - PV5, do complexo de Alcaçuz.

No dia 30 de abril, a unidade prisional registrou a fuga de dois detentos. Os fugitivos foram identificados como Gustavo da Rocha Dias, de 30 anos, e Ricardo Campelo da Silva, de 43 anos. Os presos deixaram o presídio em uma bicicleta.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) ainda está à procura dos presos e instaurou um inquérito para investigar as circunstâncias da fuga.

Ainda segundo a portaria, os treinamentos da penitenciária serão coordenados pela Secretaria Nacional de Políticas Penais, do MJSP.

“O número de profissionais a ser disponibilizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública obedecerá ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação”, diz o documento.

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO