GOVERNO

640x128

 

O Tribunal do Juri Popular da Comarca de Apodi, na região Oeste Potiguar, julgou na terça-feira, 14 de maio de 2024, o comerciante George de Oliveira Nascimento, conhecido por George de Madelena, de 50 anos, acusado de homicídio na cidade.

O réu foi denunciado pelo Ministério Público por ter matado o andarilho Gildomar Barbosa Nogueira, crime ocorrido no dia 10 de dezembro de 2020, nas imediações de um posto de combustíveis em Apodi.

George de Oliveira foi defendido pelos advogados Sávio José de Oliveira, Francisco de Assis da Silva e Janildo Fernandes Fonseca. O conselho de sentença decidiu por condenar o réu pelo crime de homicídio. A pena imposta a ele pela justiça foi de 4 anos e 3 meses de prisão.

Leia mais: Polícia Civil deflagra Operação em Apodi e procura foragidos suspeitos de homicídio contra andarilho naquela cidade



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO