Independência

Independencia banner

 

A quarta derrota seguida do Potiguar gerou consequências que impactaram na comissão técnica da equipe. Ainda no vestiário do Estádio Edgarzão, em Assú, Robson Melo entregou o cargo à diretoria e não comanda mais o Alvirrubro, encerrando sua segunda passagem pelo clube. Neste domingo (26), o time mossoroense foi derrotado pelo Santa Cruz de Natal , por 2 a 1, em jogo válido pela Série D.

“A Associação Cultural e Desportiva Potiguar comunica que Robson Melo não é mais o técnico do Alvirrubro. Em Mossoró desde junho do ano passado, o profissional apresentou pedido de demissão. Ao todo foram 26 jogos, com 10 triunfos, seis empates e 10 derrotas”.

Nota oficial do Potiguar

Robson Melo chegou ao clube durante a Série D de 2023, em meio a um momento turbulento nos bastidores do clube. Na época, Márcio Mossoró acumulava o cargo de técnico interino e dirigente. Porém, a diretoria executiva decidiu apostar na vinda de Robson e gerou uma ruptura com o ex-jogador. Mesmo sob desconfiança, Robson ajudou a colocar o Potiguar no mata-mata do Brasileiro, eliminado pelo Bahia de Feira na fase eliminatória.

Após comandar o Imperatriz/MA na reta final do ano, o profissional aceitou retornar ao Potiguar. Durante o Estadual 2024, a equipe acabou não conseguindo uma boa colocação e não garantiu calendário para a temporada 2025. Durante a Série D deste ano, apenas uma vitória em cinco jogos. De acordo com Robson, em entrevista coletiva pós-jogo, ele revelou que decidiu pelo pedido de demissão por entender que é a melhor decisão nesse momento para o clube.

Hoje no vestiário falei com a minha equipe. Pelo Potiguar, por tudo que conquistei aqui, de espaço, de respeito com o torcedor, com a cidade. Estou saindo um treinador ferido, o coração cortado e chorando, mas para o bem na nação alvirrubra, quem sabe em uma próxima oportunidade eu possa retornar em uma condição mais favorável ainda. Hoje, se o problema é Robson Melo, está resolvido”, disse o ex-técnico do clube.

TCM Notícia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO