GOVERNO

640x128

 


O publicitário e influenciador digital Rafael Moreno Souza Santos é alvo de um dos mandados de busca e apreensão que a Polícia Federal cumpre na 26ª fase da operação Lesa Pátria, deflagrada na manhã desta terça-feira (16).

Ele é suspeito de colaborar com o financiamento dos atos no dia 8 de janeiro de 2023. Rafael teve o celular apreendido.

As informações foram divulgadas pelo próprio publicitário em suas redes sociais. Em uma publicação, ele postou a foto de um trecho da decisão que autorizou a busca, assinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O publicitário foi citado no relatório da senadora Eliziane Gama (PSD-MA) na CPMI dos Atos Golpistas. “Entre as fontes financeiras, destaca-se a vaquinha virtual mantida pelo publicitário Rafael Moreno de Souza Santos, que chegou a arrecadar mais de R$ 60 mil por meio de um site de financiamento coletivo”, aponta um trecho do texto.

Leia mais: PF cumpre mandado de busca e apreensão no RN na 26ª fase da Operação Lesa Pátria

98 FM de Natal



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO