GOVERNO

640x128

 


O Rio Grande do Norte realiza neste sábado (13) o Dia D de vacinação contra a influenza. A ação coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) conta com a participação dos 167 municípios potiguares.

O Dia D tem como objetivo principal acelerar a cobertura da proteção vacinal contra a influenza entre os grupos prioritários. Até o início desta sexta-feira (12), pouco mais de 178 mil doses já tinham sido aplicadas desde o início da campanha de vacinação, em 18 de março. 

Para se vacinar, a população deve procurar uma unidade básica de saúde que esteja aberta no seu município durante esse sábado. 

A campanha segue até 31 de maio, com a meta é imunizar, pelo menos, 90% de cada um dos 17 grupos prioritários para a campanha, como crianças, gestantes, puérperas, idosos com 60 anos ou mais e povos indígenas, que no RN somam 1,3 milhão de pessoas.

Desde o início do ano até o dia 6 de abril, o RN teve 530 notificações de internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que inclui a influenza. Desse total, 28 casos de internações ocorreram por influenza, 25 casos por outros vírus respiratórios, 189 casos por vírus não especificados laboratorialmente e 179 casos encontram-se em investigação. Nesse mesmo período, foram registrados 64 óbitos por SRAG.

Grupos prioritários

•    Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade

•    Trabalhador da saúde

•    Gestantes

•    Puérperas (até 45 dias após o parto)

•    Professores do ensino básico e superior

•    Povos indígenas

•    Quilombolas

•    Idosos com 60 anos ou mais de idade

•    Pessoas em situação de rua

•    Profissionais das forças de segurança e salvamento

•    Profissionais das Forças Armadas

•    Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade

•    Pessoas com deficiência permanente

•    Caminhoneiros

•    Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso

•    Trabalhadores portuários

•    População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO