Independência

Independencia banner

 

Foto: TV Cabugi

Um funcionário que trabalhava na Mina Brejuí, na cidade de Currais Novos, na Região Seridó do Rio Grande do Norte, morreu após desaparecer dentro de um poço na quarta-feira (14).

O corpo de José Alrante Victor de Oliveira, 33 anos, foi encontrado na manhã de quinta (15). O Corpo de Bombeiros confirmou que realizou, por volta das 6h, a localização e o resgate do corpo.

A empresa para qual o homem trabalhava na Mina Brejuí, a Mineração Tomaz Salustino S/A, expressou pesar pelo que classificou como "fatalidade".

Em nota, a empresa disse que está prestando "toda a assistência à família, colaborando com os trabalhos de todas as perícias legais realizadas e aguardará a apresentação dos relatórios competentes para outra manifestação".

Operários informaram ao Corpo de Bombeiros que, no momento do acidente, José Alrante trabalhava no poço para colocação de canos junto a uma bomba, procedimento comum para esvaziamento do trecho. O acidente ocorreu por volta das 8h.

Os bombeiros realizaram as buscas durante toda a quarta-feira, com mergulhadores, mas não conseguiram encontrar o corpo, que só foi localizado na manhã desta quinta.

A Mina Brejuí é considerada a maior mina de scheelita da América do Sul, e fica localizada no entorno da cidade de Currais Novos, distante cerca de 8 km do centro.

José Alrante morava na própria cidade de Currais Novos. A Polícia Civil vai investigar o caso.

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim