Governo

640x128

 

O motorista de ambulância Cosmo Fonseca, foi vítima de um atentado a tiros quando chegava com uma paciente no Hospital de Luiz Gomes, na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

Durante a ação criminosa, o motorista conseguiu fugiu e escapar da morte. Já uma mulher identificada como Antônia Erismar de Oliveira, de 28 anos, que acompanhava a paciente que ele conduzia para o hospital, ficou ferida.

De acordo com a Polícia Militar, Cosmo Fonseca chegava ao hospital da cidade para deixar uma paciente quando um homem se aproximou da ambulância e começou a atirar contra ele.

O motorista conseguiu sair ileso, sem sofrer nenhum disparo de arma de fogo. A Polícia Militar informou que minutos após o atentado, um homem identificado como Carlos Eduardo da Silva teria dado entrada na mesma unidade hospitalar com ferimentos no rosto causados possivelmente por disparos de arma de fogo.

A PM não confirmou se o homem seria o autor dos disparos contra o motorista e se o mesmo teria sido baleado em revide do motorista ou se por fogo amigo, ou seja, pelo próprio parceiro. Após receber os primeiros atendimentos, Carlos Eduardo foi transferido para o Hospital de Pau dos Ferros. A Polícia Civil deverá ouvi-lo no hospital sobre o atentado.

Fim da Linha


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim