Independência

Independencia banner
Foto: José Aldenir

A concessionária Zurich Airport Internacional assume a operação do Aeroporto de Natal oficialmente nesta segunda-feira, 19. Uma cerimônia de transferência de responsabilidade operacional será realizada às 14h, na sede do aeroporto. O evento contará com a presença da diretoria da nova concessionária e autoridades municipais, estaduais e federais.

Desde 17 de janeiro de 2024, o grupo suíço Zurich Airport está em fase de operação assistida, após vencer a relicitação pública para operar o Aeroporto de Natal (RN) em maio de 2023. A nova concessionária detém 100% do aeroporto e terá direitos de operação até 2054. Como parte do acordo, foi acordado o pagamento de R$ 320 milhões à antiga concessionária.

Setor de turismo tem boas expectativas

A transferência da administração das operações do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, para o grupo suíço Zurich Airport Brasil marca, para o setor de turismo potiguar, um momento de altas expectativas.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), Abdon Gosson, a mudança do gerenciamento do aeroporto para o grupo suíço traz grandes expectativas de melhoria no local, bem como de uma administração que busque as entidades do turismo. “Há uma expectativa muito grande. A Zurich já fez várias reuniões com o Governo, com a Prefeitura, com as entidades do turismo e com a ABIH. A Inframérica nunca fez absolutamente nada disso”, afirmou.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do RN (Abrasel-RN), Paolo Passariello, também acredita que o aeroporto poderá ter melhorias. Ele argumenta que o equipamento “se encontra praticamente vazio” e que outros destinos são concorrentes mais fortes em termos de turismo. “Isso, na nossa opinião, é fruto de uma gestão talvez errada que chegou a ter essa troca de administração do equipamento”, defendeu.

“Na entrega oficial da nova gestão, teremos a possibilidade de entender melhor o que será melhorado para sair dessa classificação negativa”, completou.

Agora RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Governo