Independência

Independencia banner

A governadora Fátima Bezerra se reuniu na terça-feira (20) com a diretora-presidente da Neoenergia Cosern, Fabiana Lopes, para discutir a regulamentação da lei estadual 10.159, de 2017, que estabelece regras para a comercialização de fios de cobre, alumínio, baterias e transformadores para reciclagem no Rio Grande do Norte.

Segundo a governadora, a lei é considerada essencial para conter o comércio ilegal de materiais elétricos adquiridos de maneira ilícita, como furtos e roubos.

Um grupo de trabalho foi criado para analisar as diretrizes propostas pela legislação e, com isso, permitir a regulamentação. Os próximos passos são definir os membros do grupo e estabelecer um cronograma de ações.

A discussão é importante para combater o comércio ilegal de materiais elétricos, principalmente os fios de cobre. O material é um dos um dos principais alvos das ações criminosas, devido ao seu valor no mercado.

Segundo o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Francisco Araújo, a iniciativa visa mitigar os impactos negativos que os furtos de cabos metálicos causam para a sociedade, o comércio e a indústria. Além dos prejuízos financeiros, o crime pode levar à interrupção do fornecimento de energia.

A diretora-presidente da Neoenergia Cosern, Fabiana Lopes, ressaltou o trabalho em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública para mitigar os impactos deste tipo de crime. “Enquanto a rede está danificada, a sociedade fica desabastecida de energia, afetando indústrias, inclusive as de geração eólica, que não podem escoar sua produção. Trata-se de um problema que atinge o estado e que requer um trabalho conjunto para mitigar seus impactos, especialmente para a sociedade”, encerrou.

 



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim