Independência

BANNER BLOG 2024 0001

 

O Governo do Rio Grande do Norte suspendeu o patrocínio referente ao futebol estadual, que ocorria por meio do programa “Nota Potiguar”. A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) e os clubes foram informados sobre a situação na manhã de quarta-feira (13). Os valores da temporada 2023 ainda não foram repassados. Uma reunião, na sede da FNF, foi agendada para a quinta-feira (14).

O “Nota Potiguar” dá nome ao Campeonato Estadual de futebol. O clima é de incerteza, principalmente quanto ao repasse dos valores pendentes e o quanto essa suspensão abala o planejamento financeiro dos clubes para a temporada 2024. A reunião na sede da FNF vai definir os próximos passos, tanto para as equipes, quanto para a própria federação. A competição tem início dia 10 de janeiro.

Em contato com o jornal “Tribuna do Norte”, José Vanildo, presidente da FNF, relatou que o valor estimado do repasse para 2023 é de R$ 2,5 milhões. O Potiguar seria um dos beneficiados com o valor da temporada que se encerrou e também receberia a parcela do Governo do RN referente a 2024. Além do Alvirrubro, outro interessado nos valores do próximo ano é o Baraúnas, que retornou à primeira divisão depois de cinco anos.

Mesmo com a suspensão do patrocínio por meio da “Nota Potiguar”, o Governo do RN pode manter o incentivo ao futebol profissional através de outras instituições estaduais, como o Detran e Potigás. Porém, ainda não aconteceu nenhum posicionamento sobre essa continuidade por parte do Governo.

O presidente eleito do América de Natal, o deputado estadual Hermano Morais (PV), votou contra a manutenção da alíquota de ICMS em 20%. O Governo prevê que o Estado tenha uma perda de arrecadação de aproximadamente R$ 700 milhões em 2024.

TCM Notícia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Oculum