Escrita

Escrita banner

Sobre as investigações realizadas pela polícia civil de Mossoró, que apontaram  o envolvimento de pelo menos três guardas civis municipais no atentado contra o veículo utilizado pelo comandante do órgão, Thiago Fernandes, a Prefeitura divulgou uma nota onde afirma aguardar as investigações para tomar as medidas cabíveis.

Leia mais: Pelo menos três GCMs participaram do ataque o carro do comandante da guarda de Mossoró

Confira a nota

NOTA OFICIAL

Diante da deflagração da Operação "Fogo Amigo", pela Polícia Civil de Mossoró, nesta terça-feira (07), tendo como alvo Guardas Civis Municipais suspeitos de participar de ataque ao Comandante da Guarda Civil Municipal, Thiago Fernandes, a Prefeitura Municipal de Mossoró destaca que dará cumprimento às medidas determinadas pela justiça sobre os referidos servidores.

A Prefeitura acompanha as investigações e o desenrolar dos fatos à espera do pleno esclarecimento do triste fato ocorrido no dia 11 de outubro deste ano, e que os culpados sejam punidos na forma da lei.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA