Oculum

OCULUM 600 120

 

Com gols de Anderson e Michel, o Mossoró Esporte Clube derrotou o Baraúnas por 2 a 0, em jogo decisivo realizado no domingo (12), no Estádio Nogueirão. A vitória valeu o título e também o acesso para a elite do futebol do RN.

O Carcará volta a disputar a primeira divisão após 27 anos. E a cidade de Mossoró terá dois representantes da elite após cinco anos. O MEC se junta ao Potiguar na disputa do Estadual 2024.

Anderson abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, o Baraúnas poderia ter empatado com Arthur Santos, cobrando pênalti, mas o goleiro Oliveira defendeu e salvou o MEC. Na reta final do segundo tempo, Michel fechou a conta e garantiu o triunfo do time azul.

Na tabela de classificação, o MEC chegou a 21 pontos. Mesmo se perder na última rodada para o Laguna, o time não poderá ser ultrapassado pelo Baraúnas, por conta do critério de desempate, que é o confronto direto – duas vitórias do Mossoró contra o Tricolor ao longo da competição. O Leão, com 18 pontos, cumpre tabela contra o Alecrim, no Estádio Nogueirão, também no próximo domingo.

O Carcará não disputava a primeira divisão do RN desde 1996. É o primeiro título da história do clube presidido por João Dehon. O Baraúnas está na divisão de acesso desde 2018.

Um título com muitos protagonistas

Além de João Dehon, que já foi presidente do Baraúnas, o time campeão também possui outros personagens que se destacaram ao longo da competição. Allan Frederico conquistou seu primeiro título na carreira como técnico. Há dois anos, ele deixou o cargo de preparador físico do Potiguar para assumir a função de treinador do MEC. Márcio Mossoró, aos 40 anos, vai levantar uma taça por um clube da sua cidade. O camisa 8 anunciou sua aposentadoria, mas retornou aos gramados para aceitar o desafio de levar o Carcará para a primeira divisão.

TCM Notícia


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA