Independência

Independencia banner

 

Foi oportuno e essencial os pronunciamentos das deputadas Eudiane Macedo(PV) e Divaneide Basílio (PT) em defesa da deputada Isolda Dantas (PT), agredida verbalmente pelo deputado Coronel Azevedo(PL), durante votação de matéria na Comissão de Finanças, na última quarta-feira.

As deputadas pediram a intervenção da Procuradoria da Mulher, criada recentemente pela Assembleia Legislativa, para tomar providências sobre o caso. “É preciso que isso seja feito imediatamente em defesa das cinco parlamentares. Estamos sendo vítimas constantemente de violência política de gênero”, declararam.

Agressão

A agressão aconteceu durante a votação do projeto do ICMS. O relator deputado Azevedo, não gostou da posição da deputada Isolda e afirmou que ela “tinha engolido muita fumaça” ao apresentar os argumentos contrários ao parecer do relator. Sabendo da gravidade da acusação, ainda durante a reunião da CF, ele tentou amenizar dizendo que a frase fazia referência às queimadas na Amazônia.

O deputado Coronel Azevedo estava no plenário durante os pronunciamentos de solidariedade das deputadas. Ele ouviu mas resolveu ignorá-las. Um gesto de desdém que demonstrou mais uma vez o comportamento machista do parlamentar.

Do Blog Virgínia Coelli


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim