Independência

Independencia banner

 

A Caern iniciou visita a imóveis em diversas ruas no bairro Paredões, em Mossoró. Cerca de 400 ligações de esgoto intradomiciliares serão executadas em ruas na margem Oeste do rio Mossoró, em pelo menos três bairros. O investimento neste trabalho é de R$ 3,8 milhões. Também foram investidos outros R$ 700 mil na instalação de rede convencional de esgoto em ruas do bairro Paredões. No total foram R$ 4,6 milhões investidos no esgotamento da segunda maior cidade do Estado.

O objetivo da Caern com as visitas é oferecer o serviço a quem ainda não dispõe de ligação intradomiciliar para a rede de esgoto, contribuindo com a preservação do meio ambiente e garantindo mais saúde e qualidade de vida para a população. 

Equipe da Caern e da empresa contratada para execução do serviço, com apoio dos agentes de saúda da prefeitura de Mossoró estão percorrendo as ruas Anatália de Melo Alves, Felisbela Ferreira da Silva e Severino José Monteiro, nos Paredões. Durante a visita é feita a vistoria dos imóveis beneficiados, a conscientização sobre os benefícios da ligação correta para a rede de esgoto e o pedido de autorização para executar a ligação.

“Com essa ação, a Companhia cumpre mais um compromisso com a cidade de Mossoró, ampliando o atendimento com esgotamento sanitário na segunda maior cidade do Estado. Além de conscientizar a população sobre a importância de preservar o meio ambiente e o rio Mossoró, manancial de extrema importância para a região Oeste do Estado”, ressalta o diretor-presidente da Caern, Roberto Sérgio Linhares.

A Companhia concluiu em julho, de 2023, obra de rede de esgoto do tipo convencional em ruas que ficam na margem oeste do Rio Mossoró. São elas: Anatália de Melo Alves, Felisbela Ferreira da Silva e Severino José Monteiro, no Paredões. Essas ruas foram atendidas com nova rede coletora de esgoto que tem a extensão de cerca de 860 metros e atende 180 imóveis, beneficiando mais de 700 pessoas no bairro.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO