Independência

Independencia banner

Foto: Cedida
 

O jovem Wellinson Oliveira, de 12 anos, que viralizou nas redes sociais ao chorar desesperado ao lado de égua de estimação, morta a tiros na segunda-feira (28), na cidade de Canguaretama, no Agreste potiguar, se emocionou ao ganhar de presente um novo cavalo. “Ele voltou a sorrir”, afirmou Maria das Dores, mãe do adolescente.

Um potro de cinco meses foi presente dado por Renato Paraíba, um vaqueiro profissional de Pedro Velho, município vizinho. Sensibilizado com a história e o vídeo compartilhado nas redes sociais, ele realizou a doação no dia seguinte ao crime.

Segundo Maria, por volta das 7 horas de manhã, a família recebeu a visita do vaqueiro na porta da casa onde moram com o presente para o menino, que ainda estava dormindo.

“Vieram chamar aqui no portão, me levantei e o rapaz disse que tinha um presente. Chamei ele e o pai dele para receberem o cavalo”, contou Maria das Dores.

Além do cavalo dado, uma organização de outros vaqueiros também entregou junto alguns presentes, como um cabresto, ração e outros acessórios para o novo mascote de Wellinson.

“A reação dele foi muito boa, uma alegria que tivemos, aquele momento foi tudo para gente. É uma coisa não esperávamos, só temos que agradecer. Meu filho voltou a sorrir”, afirmou.

O caso

Um vídeo de uma criança chorando em desesperado ao lado do corpo de uma égua morta viralizou nas redes sociais. O caso aconteceu na comunidade Piquiri, um distrito localizado na Zona Rural de Canguaretama, na região Agreste.

Após o crime, a Delegacia Municipal de Canguaretama instaurou um inquérito e está investigando o crime contra o animal.

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO