Walter Casagrande deixou o cargo de comentarista de futebol na Globo após 25 anos. Mesmo em ano de Copa do Mundo, o ex-jogador decidiu que seria melhor para a carreira, nesse momento, se afastar da emissora. Em entrevista sobre a decisão para a Record, ele deu forte declaração sobre a dependência química.

“Hoje as pessoas me chamam de viciado, drogado, financiador do tráfico, e acham que é crítica. Isso aí é ataque, não é liberdade de expressão. Eu sou dependente químico igualzinho aos que estão lá na Cracolândia. Igualzinho. Se eu vacilar, se eu não prestar atenção nos meus comportamentos, eu vou para a rua”, afirmou.

De acordo com o UOL, a saída do ex-jogador pode ter dois motivos. O primeiro, seria o alto salário. Já o segundo, seria a posição política do famoso, sempre afiada durante os programas. Casagrande chegou a dizer que nunca vai deixar de seguir seus ideais. “Eu me posiciono”, pontuou. O programa vai ao ar neste domingo (10/7), no Domingo Espetacular, da Record.

Metrópoles



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem