A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu na segunda-feira (25) uma mulher de 30 anos suspeita de praticar estelionato e aplicar golpes contra 22 pessoas, a maioria idosos, em João Câmara, no Agreste potiguar.

Os policiais da delegacia do município cumpriram mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar contra a suspeita, que mora em Touros, no litoral Norte potiguar.

As investigações apontaram que a mulher teria realizado empréstimos em nome de idosos, analfabetos e outras pessoas com pouca instrução, para desviar os recursos. Os valores estimados somam R$ 170 mil.

Segundo a delegada Adriana Shirley, a mulher convencia as vítimas a irem ao banco e assinar o empréstimo, garantindo que elas poderiam acessar grandes valores.

Porém, ela ficava com o cartão delas, sacava os valores aprovados nos bancos e dizia para elas que a operação não tinha dado certo, deixando as vítimas apenas com as dívidas do empréstimo.

"O crime consistia em se aproveitar da pouca compreensão das pessoas que se dispunham a fazer o empréstimo. Ela os levava a financeiras, a agências bancárias e eles assinavam os documentos contratuais de empréstimos. Logo em seguida, ela recolhia os cartões das vítimas, em posse de suas senhas, e efetuava a retirada desses valores creditados pelas empresas", afirmou a delegada.

A mulher detida segue à disposição da Justiça.

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem