A partir desta quarta-feira, 20, e até o dia 5 de agosto, é permitida a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e a escolher candidatas e candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes, deputado federal, deputado estadual e distrital, conforme a Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput e Res.-TSE nº 23.609, art. 6º. As convenções representam o limite entre a pré-campanha e a campanha eleitoral.

Terminado o prazo final das convenções, os partidos, federações e coligações têm até 15 de agosto para solicitar o registro de candidatura dos escolhidos.

No Rio Grande do Norte, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) iniciará a temporada das convenções, devendo homologar hoje a candidatura da ex-vereadora de Grossos, Clorisa Linhares, para o Governo do Estado. O partido também homologará as candidaturas proporcionais. O evento será realizado no Centro Municipal de Referência (CEMURE), na Avenida Coronel Estevam, 3807, em Nazaré, Zona Oeste de Natal.

O vice de Clorisa Linhares será indicado pelo PSC, que marcou a sua convenção para o dia 29 de julho. O nome mais cotado é o do presidente da Executiva Estadual, Júnior Melo.

As atenções, porém, estão voltadas para a convenção do Podemos, que será realizada no último dia do prazo, 5de agosto, isso porque o senador Styvenson Valentim faz mistério sobre a sua possível candidatura a governador. Styvenson é visto como o “fiel da balança” na sucessão estadual. Se ele for candidato, a disputa caminhará para o segundo turno; se ele não for candidato, a governadora Fátima Bezerra (PT) tem chances de ser reeleita já no primeiro turno, conforme tendência apresentada pelas pesquisas divulgadas até aqui.

O Podemos tentou antecipar a decisão de Styvenson, mas ele não aceitou. Disse que não suporta pressão e que se o partido continuasse pressionando ele deixaria a sigla. Ele também afirmou que vai aguardar o tempo que precisar para definir se será candidato. Com isso, o Podemos aceitou as condições do senador e marcou a convenção para o último dia do prazo.

Outra dúvida na disputa pelo Governo do Estado é sobre o companheiro de chapa do ex-vice-governador Fábio Dantas, do Solidariedade. Há possibilidade de ser o ex-prefeito de Assú, Ivan Júnior, mas o seu partido, União Brasil, ainda não decidiu se apoiará Fábio Dantas. O presidente da sigla, ex-senador José Agripino Maia, convocou uma reunião para esta quarta-feira, quando colocará a aliança com o Solidariedade em votação. A maioria decidirá. O União Brasil marcou a sua convenção para o dia 28; quanto ao Solidariedade, ainda não definiu a data da sua convenção.

Federação

A candidatura da governadora Fátima Bezerra será homologada no sábado, 23, na convenção dos três partidos que formam a federação “Brasil da Esperança” formada por PT/PCdoB/PV. A federação também vai homologar 25 candidaturas a deputado estadual e nove a deputado federal.

 Também no sábado, o MDB realizará convenção para homologar a candidatura a vice-governador do deputado federal Walter Alves, na chapa da governadora Fátima. O partido ainda oficializará as nominatas à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados.

Disputa ao Senado Federal ainda tem dúvidas

As atenções também estão voltadas para a decisão do PSB sobre a candidatura do deputado federal Rafael Motta ao Senado Federal. O partido tem mantido o projeto até aqui, porém, recebe pressão em Brasília. O PSB forma chapa nacional com o PT, indicando Geraldo Alckmin para vice de Lula e sabe que a aliança não será repetida do RN, já que o PT optou pela candidatura de Carlos Eduardo (PDT) para o Senado.

Diante do impasse, o partido decidiu ganhar tempo para ampliar as discussões, por isso, ainda não definiu a data da convenção.

Mas, se depender da vontade de Rafael Motta, a candidatura ao Senado será homologada. Ele tem dito que não abrirá mão do projeto e que vai fazer a campanha a favor do lado que sempre esteve, defendendo, nesse caso, a candidatura à reeleição da governadora Fátima Bezerra e a eleição de Lula à Presidência.

Rafael, se confirmada a candidatura, enfrentará dois concorrentes fortes: Carlos Eduardo, que é o candidato da governadora, e o ex-ministro Rogério Marinho (PL), apoiado pelo bolsonarismo potiguar.

Datas de convenções que estão definidas

20/Julho:

PMB – Centro Municipal de Referência, av. Coronel Estevam, nº 3897, N. Srª Nazaré, 18h30

21/Julho:

PSDB – Tirol Way Office, av. Salgado Filho, nº 1718, sala 108/109, 15h30

Avante – Monza Palace Hotel, marginal da BR-304, Lagoa Nova, 14h às 18h

22/Julho:

PSD – Centro Municipal de Referência, av. Coronel Estevam, nº 3897, N. Srª Nazaré, 12h às 18h

23/Julho:

PMN – Conselho Comunitário da Cidade da Esperança, 8 horas

Republicanos – Hotel Holiday Inn, av. Salgado Filho, nº 1906, Lagoa Nova, 8h às 14h

Patriota – Câmara Municipal de Natal, rua Jundiaí, nº 546, Tirol, 9h às 12h

MDB – auditório ed. Executive Park, av. Salgado Filho, nº 1515, Tirol, 9h às 12h

PDT – rua Dr. João Abdon da Silva, nº 1492, Lagoa Nova, 9h às 14h

PT/PV/PC do B –  Escola Estadual Floriano Cavalcante, rua das Verbenas, Capim Macio (cj. Mirassol), 9h às 17h

PSTU – Sindsaúde, avenida Rio Branco, nº 874, Cidade Alta, 8h30

24/Julho:

PP – América F.C, av. Rodrigues Alves, nº 950 Tirol, 10h às 15h

27/Julho:

Democracia Cristã – rua Teotônio Rodrigues da Silva, nº 07, Nova Parnamirim, 11h às 14h

28/Julho:

União Brasil – América F.C, av. Rodrigues Alves, nº 950, Tirol, 10 horas

UP – Ocupação Emmanuel Bezerra, Ribeira, 14 horas

29/Julho:

PSC – Hotel Holiday Inn, av. Salgado Filho, nº 1906, Lagoa Nova, 17 horas

31/Julho

PL – Palácio dos Esportes Djalma Maranhão, rua Trairí, Petrópolis, 8 horas

PSOL/REDE – Local a confirmar

5/Agosto:

Podemos – Câmara Municipal de Natal, rua Jundiaí, nº 546, Tirol, 16h às 20h

Anda não definiram datas

Solidaridade

PSB

PTB

César Santos / Jornal de Fato


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem