A Polícia Federal do Maranhão deflagrou na manhã desta quarta-feira (20), segundo o jornal O Globo, uma operação para apurar possíveis fraudes em contratos entre a empreiteira Construservice e a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), comandada pelo Centrão. A operação foi autorizada pela Justiça Federal.

Foi preso temporariamente um empresário apontado pelas investigações como sócio oculto da empreiteira. A PF cumpre mandados de busca e apreensão na superintendência do Maranhão da Codevasf, alvo das suspeitas.

A Construservice executa diversas obras da Codevasf em municípios maranhenses. De acordo com investigação da PF, há falhas graves nos contratos dessas obras.

A Codevasf, empresa pública vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), é um dos principais escoadouros do orçamento secreto - distribuição de verba pública a parlamentares por meio das emendas de relator.

Brasil 247



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem