Um feto foi encontrado por uma catadora de materiais recicláveis no lixo de um condomínio em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, na terça-feira (19). Após investigação preliminar, a Polícia Civil identificou os possíveis autores do crime e prendeu um casal em flagrante delito suspeito da prática do crime de aborto.

Um homem de 27 anos e uma mulher de 25 foram presos por volta das 9h por agentes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A DHPP informou que a investigação preliminar apontou que o crime foi praticado por meio de remédio abortivo.

Segundo a Polícia Civil, o casal estava em um quarto alugado no condomínio - que fica na Rua das Algas - e teve como motivação para o aborto esconder a gravidez indesejada.

Após o uso da medicação e a grávida expelir o feto, o suspeito foi o responsável por colocá-lo no lixo do condomínio.

Uma terceira suspeita que estava com o casal foi conduzida até a delegacia e liberada após prestar depoimento.

O caso continuará sob investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa.

G1/RN



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem