Segundo a Prefeitura Municipal de Mossoró, a fila de cirurgias ginecológicas existente no município há cerca de seis anos. foi zerada na quarta-feira (15).  Mais de 400 procedimentos foram realizados de 1º de outubro de 2021 até esta quarta-feira.

Paralisadas na gestão anterior, as cirurgias ginecológicas foram retomadas pela gestão municipal em 2021, realizando procedimentos de mulheres que aguardavam cerca de seis anos para fazer a cirurgia. Na fila havia mulheres que esperavam para fazer o procedimento desde 2015.

“Chegamos a marca de 408 mulheres com cirurgias ginecológicas realizadas. Elas deixaram a vida de sofrimento, de falta de dignidade, aquela vida de estar pedindo e se humilhando. A partir desse dia 15 de junho de 2022 na cidade de Mossoró toda e qualquer mulher que procure a Secretaria Municipal de Saúde já encontrará a porta aberta para realizar seu procedimento direto. Hoje todas as mulheres têm a oportunidade de fazer parto na cidade de Mossoró. Estão tendo a oportunidade de fazer sua histerectomia na cidade. Para nós é um dia muito significativo mostrando que o trabalho vale a pena. Não precisa mais se humilhar a ninguém”, destacou o prefeito Allyson Bezerra que esteve na manhã de hoje no Hospital Maternidade Almeida Castro (HMAC).

Além de zerar a fila de cirurgias ginecológicas, a Secretaria Municipal de Saúde destaca que a partir da chegada de novas pacientes já serão agendadas para os próximos dias.

“Não temos mais demandas para cirurgias ginecológicas. As novas mulheres que estão procurando a Central de Regulação, munidas da documentação, não estão aguardando por muito tempo. É só chegar e automaticamente já são encaminhadas à consulta pré-cirúrgica sem nenhum tempo de espera”, explicou Máxima Milliane, gerente executiva da Central de Regulação de Mossoró.

“Imagine essas mulheres que vinham sofrendo desde 2015 sem conseguir trabalhar retornar à vida normal, cuidar de sua casa, da sua família por um problema ginecológico grave e que poderia ter sido resolvido há muitos anos. Hoje é um dia histórico para Mossoró. É a história de cada mulher que volta a ter a vida normal após o procedimento realizado”, disse a secretária de Saúde do município, Morgana Dantas.

Antônia Edileuza estava acompanhando sua sobrinha que foi realizar nesta quarta-feira a cirurgia de histerectomia. Ela explicou que o procedimento cirúrgico era esperado por todos da família. “A gente já vinha numa batalha há bastante tempo. Por causa da pandemia a cirurgia dela foi adiada e hoje estamos aqui. Graças a Deus conseguimos. É muito importante para todas nós mulheres a fila zerada”.

“Fui muito bem acolhida, muito bem acompanhada pela unidade, por todos os profissionais que me atenderam. Vim fazer hoje aqui a histerectomia total. É muito especial para mim hoje estar fazendo esse procedimento cirúrgico. É muito importante para a minha saúde”, comemorou Francione Alves Basílio, que também estava na Maternidade Almeida Castro para realizar o procedimento cirúrgico.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem