Após publicar print que mostrava conta hackeada, Luva de Pedreiro informou que estava bem.


O influenciador Luva de Pedreiro disse na tarde deste domingo (26) que teve a conta do WhatsApp hackeada. Conhecido pelos bordões "Receba", "Graças a Deus, pai" e "Os brasileiros são os melhores do mundo", o baiano estava há cinco dias sem fazer publicações nas redes sociais.

"Fala minha tropa, galera, eu tenho um WhatsApp aqui, galera, que foi meu ex-empresário que fez, galera, e ele sumiu do meu celular. Eu não tenho, hackearam meu WhatsApp", disse.

"Qualquer mensagem que chegar aí, não foi eu que mandei. Sumiu meu WhatsApp, não mando mensagem para aquele WhatsApp, me hackearam. Quem fez foi meu outro empresário", afirmou Luva de Pedreiro.

Após publicar o print da tela que mostrava a conta hackeada, Luva de Pedreiro informou que estava bem e com a família.

"Fala, minha tropa, mas eu estou de boa galera, eu estou bem, graças a Deus, estou com a minha família, graças a Deus", disse o influenciador.

"Nós somos brasileiros, não desistimos nunca. Receba, graças a Deus! Ta ligado que é a tropa pesada, estou com a minha família, graças a Deus! Nós é nós! Nós, brasileiros, não desistimos nunca. Receba!".


Especulações

O futuro de Luva de Pedreiro, o influenciador de futebol mais seguido do Instagram, tem sido alvo de especulações dos fãs desde o início da semana nas redes sociais.

A polêmica começou após o jovem baiano anunciar uma pausa na gravação de vídeos, e fez com que o empresário responsável por sua carreira, Allan de Jesus, viesse a público na última quinta (23) para explicar contratos de publicidade que ainda não foram pagos ao influenciador.

O anúncio de pausa na carreira foi feito por Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, no último domingo (19). Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o jovem baiano se mostrou irritado com as cobranças que vinha sofrendo, o que preocupou os fãs.

Após a postagem, começaram rumores de que o influenciador teria rompido contrato com o empresário Allan de Jesus, responsável por gerenciar sua carreira.

Allan de Jesus se manifestou sobre o caso pela primeira vez na última quarta-feira (22). Ele disse que seu contrato com Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, vale até 2026. Allan informou ainda que a empresa dele, a ASJ Consultoria, não tinha recebido qualquer comunicado sobre uma tentativa de rescisão.

Na última quinta-feira (23) o empresário veio a público novamente para explicar contratos de publicidade que ainda não foram pagos a Luva de Pedreiro. Allan de Jesus disse que o influenciador tem R$ 2 milhões a receber. Ele afirmou que o pagamento será feito a partir de julho de 2022.

Iran Ferreira tem 20 anos e atualmente é o influenciador de futebol mais seguido no Instagram, com mais de 14 milhões de seguidores. No TikTok, mobiliza mais de 17 milhões de inscritos.

O nome Luva de Pedreiro faz referência às luvas utilizadas pelo jovem para jogar futebol. Ele se tornou uma sensação viral com o bordão 'receba', em vídeos de seus feitos em um campo de várzea da cidade de Quijingue, a 322 quilômetros de Salvador.

Menos de 24 horas depois de anunciar a pausa na publicação dos vídeos, o influenciador fez uma nova postagem, mas não comentou a decisão de voltar às redes.

O vídeo publicado por Luva de Pedreiro na segunda-feira (20) mostrava mais um de seus lances de futebol, acompanhado pela legenda: 'Graças a Deus, pai'. 


*G1

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem