Iniciativa do livro foi do mandato do deputado federal Beto Rosado

O líder comunitário Antônio Marcos da Silva, morador do bairro Santa Delmira, utilizou a Tribuna Popular de na sessão de terça-feira, 21, para criticar o deputado federal Beto Rosado pelo lançamento do livro “Mossoró Cidade Junina Encanta o Congresso Nacional”.

O livro em questão fala sobre uma sessão solene realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília, no ano de 2019, onde o evento Mossoró Cidade Junina e a peça de teatro “Chuva de Bala no País de Mossoró” receberam homenagens e foram exaltados pelos demais parlamentares. Na ocasião, artistas, integrantes de quadrilhas juninas e pessoas que contribuíram para o MCJ também receberam homenagens.

De acordo com o líder comunitário, o livro é uma vergonha, pois foi publicado com dinheiro público. “Uma vergonha pra Mossoró. Isso é pago pelo dinheiro do povo, dinheiro nosso, publicado pelo deputado Beto Rosado. Quantos mil exemplares foram tirados de 2020 pra cá? ”, questionou.

Outra crítica de Marcos Locutor, como o líder comunitário é mais conhecido, foi a ausência, segundo ele, da ex-prefeita Rosalba Ciarlini no Mossoró Cidade Junina. “É uma vergonha ela não estar lá onde ela criou, no Mossoró Cidade Junina. Por quê? Por que não foi ela quem organizou?”, disse.

Em resposta, o vereador Francisco Carlos (Avante) defendeu o livro e destacou a importância do registro e da homenagem que o Mossoró Cidade Junina recebeu no Congresso Nacional. “Um evento que merece esse registro e realmente foi pago com o recurso do povo, aliás, o que não é pago com o dinheiro do povo? É um livro que exalta o evento Mossoró Cidade Junina e exalta a cultura de nossa cidade”, afirmou.


  

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem