Apesar da disponibilidade de vacinas contra Covid-19, sarampo e influenza, a procura da população mossoroense pelos imunizantes tem sido baixa, principalmente nos fins de semana. A situação preocupa a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que tem reforçado o apelo para que os públicos-alvo das campanhas em andamento busquem os pontos de vacinação. No sábado (21) e domingo (22), foram aplicadas somente 434 doses.

No sábado (21), a vacinação ocorreu em dois pontos: na Unidade Básica de Saúde (UBS) Maria Soares, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alto de São Manoel, e no Partage Shopping Mossoró, totalizando 371 doses aplicadas (46 contra o sarampo, 147 contra influenza e 178 contra a Covid). Neste domingo (22), em uma ação realizada na Escola Estadual Tertuliano Ayres Dias, foram vacinadas 63 pessoas, sendo aplicadas 16 doses da vacina contra a influenza, duas contra sarampo e 34 do imunizante contra a Covid, além de 11 doses de vacinas de rotina.

“Precisamos que a população busque os serviços para que eles sejam mantidos também aos finais de semana. Reforçamos o nosso pedido para que as pessoas compareçam às unidades de saúde e aos pontos extras disponibilizados durante a semana. A situação é preocupante, por isso enfatizamos a necessidade dos públicos-alvo concluírem e reforçarem o seu esquema vacinal”, destacou o coordenador de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde, Etevaldo de Lima.

A vacinação será retomada em Mossoró nesta segunda (23), nas UBSs das zonas urbana e rural e também nos pontos extras, que estão assim distribuídos ao longo desta semana: Partage Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 18h; Universidade Potiguar (UNP), terça e quarta, das 8h às 21h e Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN/UERN), terça e quinta, das 8h às 16h.

“Para se ter uma ideia, temos mais de 58 mil pessoas que estão em atraso com a terceira dose da vacina contra a Covid. Em relação à segunda dose, são mais de 22 mil em atraso, sendo 6,7 mil crianças de 5 a 11 anos. Mais de 26 mil ainda não tomaram sequer a primeira dose e desse total mais de 9 mil são crianças de 5 a 11 anos”, acrescentou Etevaldo de Lima.

Quanto às campanhas de vacinação contra a influenza e sarampo, o público a ser imunizado em Mossoró é de 106.188 pessoas. “Contra a influenza, apenas 26.570 receberam as doses até o momento, sendo 3.484 crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Nosso público nessa faixa etária é de 16.788 crianças. Já contra o sarampo, foram apenas 3.239 crianças vacinadas. Os imunizantes estão disponíveis a todos os públicos definidos pelo Ministério da Saúde. Vacinem-se e levem seus filhos aos postos de saúde. Vacina é vida”, concluiu Etevaldo de Lima.

GRUPOS

Os grupos prioritários para a vacinação da Influenza são pessoas acima de 60 anos; trabalhadores da saúde; gestantes; puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo; rodoviário; passageiros urbanos e de longo curso.

E ainda: trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; adolescentes e jovens em medidas socioeducativas; além de crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade.

Já os grupos prioritários para a vacinação contra o sarampo são trabalhadores da saúde e crianças na faixa etária de 6 meses a 5 anos de idade. Na vacinação contra a Covid-19, são pessoas acima de 5 anos. São aplicadas primeira, segunda, terceira e quarta doses na campanha de vacinação contra a Covid-19.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem