A agência espacial Russa Roscosmos deixará a ISS (Estação Espacial Internacional). Sem determinar datas, o chefe da estação russa anunciou a resolução do país.

“A decisão já foi tomada, mas não somos obrigados a falar publicamente. Só posso dizer uma coisa: de acordo com as nossas obrigações, avisaremos nossos parceiros com um ano de antecedência sobre o fim dos trabalhos na ISS”, disse Dmitry Rogozin.

Chefe da agência russa, Rogozin afirmou em entrevista que o trabalho na estação é determinado “pelo governo e pelo presidente”e que “continuarão até 2024”.

De acordo com Dmitry, a Rússia tem intenções de lançar a sua própria estação e que “o anteprojeto disso está sendo desenvolvido”.

Em março, o diretor alertou que as sanções à Rússia por conta da invasão da Ucrânia poderiam causar a queda da parceria com os EUA. O trabalho na ISS foi um dos poucos a não ser afetado por conta da guerra.

Ainda em março, a Agência Espacial Europeia suspendeu a cooperação com a agência russa.

A ISS foi lançada em 1998 e é administrada pela Federação Russa, a União Europeia, os Estados Unidos, o Canadá e o Japão.

Poder 360



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem