O Ministério Público do RN recebeu na terça-feira (03) o inquérito do caso do assassinato do advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, de 25 anos, que foi morto a tiros no dia 9 de abril, em Mossoró/RN.

Os três suspeitos de envolvimento no crime, Ialamy Gonzaga, Josemberg Alexandre da Silva e Francisco de Assis Ferreira da Silva foram indiciados por crime hediondo, com duas qualificadoras: motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. Na denúncia não consta indícios e nem provas de homofobia, e a Polícia Civil mantém a versão onde Ialamy teria confundido Eliel e o seu companheiro com assaltantes.

Além do homicídio, o acusado também será indiciado por tentativa de homicídio contra o companheiro de Eliel.

Na tarde de segunda-feira (02), mais dois suspeitos de participação no assassinato foram presos. (clique AQUI para ler)

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem