O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a socióloga Rosângela Silva se casam nesta noite, numa festa para 150 convidados, em São Paulo.  Lula e Janja se conheceram em Curitiba, durante os 580 dias da prisão de Lula.

Na festa, será proibido o uso de celulares e a segurança nos arredores do local será reforçada. Janja ganhou destaque no universo de Lula em 2019, quando o petista ainda estava preso na Polícia Federal de Curitiba. A namorada o visitava com frequência no período – oficialmente os dois estão juntos desde 2018.

Socióloga, Janja é militante do PT desde 1983, se formou na Universidade Federal do Paraná, entre 1990 e 1994, especializando-se em História e Gestão Social e Desenvolvimento Sustentável. “Eu agora estou com a Janja, que é muito politizada, tem uma cabeça política boa e é muito feminista”, disse Lula em entrevista ao podcast “Mano a Mano”, do cantor Mano Brown.

DETALHES DO CASAMENTO

Lula e Janja tentaram manter total discrição sobre o casamento, mas, com a pré-campanha suspensa nesta semana e o interesse pela cerimônia, detalhes do enlace acabaram sendo divulgados.

A união será celebrada na capital paulista às 19h, mas ainda não há certeza sobre o local. Os cerca de 200 convidados receberam os convites com um QR Code. Eles serão avisados sobre o espaço horas antes da cerimônia. 

Para seguir a tradição religiosa, Lula e Janja ficarão sem se ver desde a véspera e só se reencontrarão na celebração. Segundo informação do jornal Folha de S.Paulo, a benção deverá ser dada por Dom Angélico Sândalo Bernardino, que conhece Lula desde a década de 1970.

De acordo com o UOL, Janja usará um vestido longo da estilista Helô Rocha. Ele será em organza (tecido feito de seda) na cor off white e com bordados feitos por moradoras de Timbaúbas dos Batistas, cidade do sertão do Rio Grande do Norte. Rocha já assinou vestidos para a atriz Ísis Valverde e a cantora Preta Gil. Segundo a estilista, foi a irmã de Preta, Bela Gil, quem apresentou a socióloga a ela.

Segundo reportagem do Metrópoles, a festa será no espaço Grupo Bisutti, localizado na Vila Olímpia, bairro nobre de na zona sul de São Paulo. Porém, a empresa tem outros endereços na capital.

De acordo com o site Metrópoles, deverão ser servidos vinhos argentino e espanhol e espumante nacional.

Artistas com quem Lula têm se reunido nos últimos meses devem se apresentar, mas não há confirmação de nomes. Circula ainda no meio político a possibilidade de o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa de Lula, ser padrinho.

Com informações do Brasil 247 e Poder 360


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem