Do Blog do Barreto

Na pesquisa AgoraSei divulgada em 28 de março pela Difusora de Mossoró a governadora Fátima Bezerra (PT) tinha uma vantagem de 13,7 pontos percentuais sobre a soma de todos os adversários, o que lhe confere uma vitória no primeiro turno.

Na pesquisa apresentada ontem pela 96 FM do mesmo instituto, o quadro mudou. A vantagem sobre a soma dos adversários reduziu 58% caindo para 5,7 pontos percentuais.

A grande diferença das duas pesquisas do mesmo instituto é que os números de março foram feitos de forma presencial e a de maio por telefone.

O principal efeito é pelo fato de o senador Styvenson Valentim (Podemos) dobrar a intenção de votos saindo 7,4% para 15,2%.

O ex-vice-governador Fábio Dantas (SD) acabou aglutinando as intenções de voto antes atribuídas ao ex-prefeito de Olho D’água dos Borges Brenno Queiroga (SD) e do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira (PSDB) que representavam a oposição bolsonarista e somavam 12,4 pontos percentuais. Fábio herdou esses votos ficando com percentual semelhante: 11,3%.

A governadora está oscilando dentro da margem de erro com 0,5% para baixo permanecendo na faixa dos 36%.

O que mudou foi a vantagem sobre a soma dos adversários que reduziu de 13,7% para 5,7%, quase 50%.

Segundo turno

Em 28 de março não foram divulgadas simulações de segundo turno. Na pesquisa de ontem a governadora venceria os adversários com margem superior a dez pontos percentuais.

Confira os números:


Rejeição

Um dado que chama a atenção é que no Instituto AgoraSei a rejeição da governadora subiu de 29% para 39,1%. A do senador Styvenson Valentim de 21,7% para 26%.

Dados

O Instituto AgoraSei em parceria com a 96 FM de Natal ouviu 1.200 eleitores por contatos telefônicos entre os dias 11 e 14 de maio. A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada sob o protocolo RN-01962/2022.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem