Já imaginou se ver livre de lavar louça sozinha todos os dias em casa? Foi exatamente essa condição que Jaqueline Mirada Bonfim, moradora do interior de São Paulo, propôs antes de oficializar seu casamento com o noivo, Lucas Bonfim, de 28 anos. Os votos para lá de inusitados da jovem, com direito a contrato e tudo mais, deram o que falar nas redes sociais e despertaram algumas críticas, com as quais ela confessa não se importar nem um pouco.

“O pessoal tem a mente muito antiga, de que só a mulher tem que fazer as tarefas de casa. Muita gente fala coisas do tipo: ‘Logo logo ele vai chutar ela, porque ela não sabe fazer nada’. Mas aqui não tem disso. Eu e ele trabalhamos fora, então os dois fazem”, conta Jaqueline, que trabalha em uma empresa de vestuário.

A reação de Lucas ao assinar o contrato foi de completa surpresa e Jaqueline conta que foi tudo articulado sem ele saber. Ela ainda revela que o marido “tem cumprido as tarefas direitinho”, conforme o combinado.

“Um dia antes da gente se casar eu perguntei pra ele: ‘amor, seu eu casar com você, você vai lavar a louça todos os dias?’ e ele respondeu: ‘prometo!’. Mas ele nem imaginava que eu faria meus votos em cima disso”, relembra ela.

‘Aprendendo na marra’

Jaqueline confessa que se casou sem ter muita intimidade com as tarefas de casa. O marido, por sua vez, foi obrigado a aprender a “se virar” desde cedo, por ter ido morar sozinho. Agora, Lucas tem ensinado a Jaqueline algumas tarefas do dia a dia e ela jura que se esforça para não deixá-lo sobrecarregado.

“Sempre morei com meus pais e eles cozinham bastante, então nunca precisei ir na cozinha, nem tinha o interesse. Mas agora eu tô aprendendo a cozinhar na marra. Aqui é assim: cada um faz a janta e no fim de semana a gente come fora. Então tem o meu dia de ‘tentar cozinhar’ e tem o dia que ele cozinha”, brinca ela.

Os aprendizados de Jaqueline durante o casamento têm sido registrados diariamente no TikTok. Por lá, ela mostra como lava as roupas, cuida da casa e cozinha, quando é a sua vez. “Queria deixar bem claro que eu não tô maltratando ele, também tenho me esforçado”, reforça, com bom humor.

Metrópoles



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem