A ocupação de leitos críticos voltados ao atendimento a pacientes com Covid-19 está em 30,2% no Rio Grande do Norte, menor percentual desde 29 de dezembro de 2021. Em um mês, média móvel de solicitações por UTIs caiu acentuadamente.

No dia 28 de janeiro, a média diária de solicitações por leitos covid era de 82, levando em consideração somente os leitos do SUS. No último dia de fevereiro, a média móvel no Rio Grande do Norte ficou em 12 pedidos por dia, o que corresponde a uma queda de 85,36%.

O reflexo dessa redução se percebe na fila por leitos. Às 14h dessa terça-feira (1º), a fila por vagas de UTI estava zerada, com 110 leitos disponíveis. Sobre leitos clínicos, havia três aguardando por regulação e 171 vagas disponíveis.

Com relação às ocupações por região, a situação mais confortável é no Seridó, com 20% de ocupação, seguida pela região Oeste, com 25%. A Região Metropolitana está com 34,7%.

Tribuna do Norte



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem