O ministro das Relações Exteriores da Eslováquia, Ivan Korcok, afirmou nesta quinta-feira (24) que a Otan pretende criar estruturas semelhantes às existentes nos Países Bálticos em todo o flanco leste, incluindo a Eslováquia.

De acordo com informações divulgadas pela Reuters, a Eslováquia pretende enviar 1.500 soldados para a fronteira com a Ucrânia para auxiliar os refugiados. O Ministério do Interior também informou que está preparado para aumentar o número de postos de passagem entre os dois países.

A Otan decidiu aumentar sua presença militar no Leste Europeu próximo à Rússia e à Ucrânia com reforços defensivos aéreos e terrestres. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (24) após a ofensiva

"Nós estamos enviando forças defensivas adicionais aéreas e terrestres para a parte leste da aliança, assim como ativos marítimos adicionais", informaram embaixadores da Otan.

Sputnik



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem