Em relatório divulgado no domingo (28.nov.2021), a OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou que a ômicron, nova variante do coronavírus detectada na África do Sul, pode aumentar a chance de uma pessoa que já teve covid se contaminar novamente. A informação é preliminar e ainda precisa ser comprovada por mais estudos.

A nova cepa apresenta mais de 30 mutações na proteína spike, que é a responsável pela entrada do vírus nas células humanas. Mais de 13 países registraram casos de infecção pela ômicron até o momento.

Eis as demais atualizações que o relatório da OMS trouxe:

  • Transmissibilidade – ainda não se sabe se a ômicron é mais transmissível em relação a outras variantes, como a delta. O número de pessoas diagnosticadas com covid na África do Sul cresceu em áreas afetadas pela ômicron, mas essa tendência ainda não foi comprovada por estudos epidemiológicos.
  • Gravidade da infecção – também não está claro se os sintomas causados pela ômicron são mais graves que os causados por outras vairantes. Dados preliminares indicam que há índices crescentes de internações na África do Sul. Mas esse aumento pode ser causado pelo aumento no número de casos, e não necessariamente à maior gravidade dos sintomas.
  • Eficácia das vacinas –  as vacinas permanecem eficazes contra doenças graves e mortes, diz a OMS. Mas cientistas seguem trabalhando para entender se há, ou não, impacto na eficácia das vacinas contra a nova variante.
  • Eficácia dos testes – testes PCR continuam eficazes para detectar infecções pela nova variante. Estudos estão sendo realizados para descobrir se há impacto em outros tipos de teste.

A OMS está coordenando equipes de cientistas localizados em todo o mundo, inclusive na África do Sul, para entender melhor o funcionamento da ômicron. Segundo a organização, mais atualizações serão informadas nos próximos dias e semanas.

A organização também reforçou a importância de manter as medidas preventivas contra a covid, como manter o distanciamento social, usar máscara, evitar ambientes pouco ventilados e ser vacinado assim que chegar sua vez.

Poder 360


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem