Levantamento da organização global de saúde Vital Strategies aponta que há subnotificação em 24,6% das mortes no Brasil por Covid-19, entre 19 de abril de 2020 e 27 de setembro de 2021. De acordo com os pesquisadores, contabilizando esses óbitos, o país estaria na marca de 712.858 vítimas pela doença.

O estudo mostra ainda que embora a subnotificação aconteça em todas as idades, ela é proporcionalmente maior na faixa de 0 a 9 anos, chegando a uma correção de 152,8%. A pesquisa utilizou dados do Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), do Ministério da Saúde, que é o principal banco de dados nacional para registro de internações e óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

A CNN entrou em contato com o Ministério da Saúde, apresentou os dados levantados pela pesquisa e questionou à pasta se pode haver erro nos dados do Governo Federal.

Em nota, o ministério informou que, por ser preliminar, a base de dados da pasta “ainda está em processo de qualificação dos dados por estados e municípios”, que “60% das causas mal definidas ocorreram fora dos estabelecimentos de saúde, condição limitante para o registro das causas que levaram à morte na Declaração de Óbito”, e que “os dados referentes aos anos de 2020 e 2021 são preliminares e estão sujeitos a alterações”.

CNN Brasil



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem