Banner 1

 


O mossoroense Clezio Saraiva Dantas, de 44 anos, que foi cruelmente atacado em sua residência e teve 50% do seu corpo queimado, não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã de domingo (5).

Clezio estava internado na unidade de queimados do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, desde o dia 22 de agosto. O crime aconteceu por volta da 1h do mesmo dia, no bairro Nova Betânia, em Mossoró.

A vítima estava deitada em uma rede, na área de sua casa, quando um homem pulou o muro, jogou um combustível nela e depois ateou fogo em seu corpo.

Veja mais:

Mossoroense tem 50% do corpo queimado por agressor que invadiu a casa dele

O crime teria sido cometido por um vizinho de Clezio, que estaria drogado no momento. Inclusive, ele teria utilizado o solvente que estava inalando, como combustível para atacar a vítima.

A Polícia Civil segue investigando o caso na tentativa de prender o autor, que agora deverá responder por homicídio.

Por meio de nota de pesar, amigos informaram do falecimento de Clézio e lamentaram sua partida. Veja abaixo:

NOTA DE PESAR

Realmente uma notícia muito triste, o amigo Clesio Saraiva não resistiu ao cruel ataque, quando sua residência foi invadida por um criminoso, tendo esse jogado um líquido inflamável em seu corpo e ateado fogo no mesmo. Atitude com um requinte de crueldade sem tamanho. E aqui só nos resta pedir ao nosso misericordioso DEUS que receba nosso irmão CLESIO, em sua paz eterna e que conforte todos os seus familiares e amigos. E que nossas autoridades, especialmente a minha querida Polícia Civil, tenham sabedoria para não deixar esse bárbaro crime no rol dos esquecidos. Um crime com tamanho dimensão de crueldade não pode ficar sem a sua elucidação. Tenho muita fé em DEUS, como também acredito em nossas autoridades, acredito que irão prender esse cruel assassino e ele venha a responder criminalmente pelo cometido ato desumano. Nada justifica um ato dessa natureza, em quem quer que seja. Descanse em paz Clesio Saraiva e que nosso misericordioso DEUS conforte seus familiares e amigos”.

Mossoró Hoje



Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem