Banner

OCULUM 600 120

O médico potiguar Charles Sá recebeu voz de prisão no hospital que está internado na Namíbia, para responder pelos crimes de homicídio culposo e condução imprudente.

A informação é do Jornal The Nanibian.

Charles Sá e a esposa Natale Gontijo, que é cirurgiã plástica, estavam cruzando a África, quando ao passarem pela Namíbia no dia 18 de junho, causaram um acidente com 8 mortes.

Segundo relata a reportagem do The Nanibian, o casal brasileiro tentou fazer uma ultrapassagem e bateu de frente numa van com 7 passageiros.

Os sete passageiros do veículo morreram no local. O casal Potiguar foi socorrido para o hospital local. Natale Gontijo não resistiu aos ferimentos.

Na sexta-feira, dia 21, a inspetora da polícia Maureen Mbeha relatou que foi dada voz de prisão a Charles Sá no hospital, onde ele ainda se encontra se recuperando.

Ainda conforme a imprensa local, o caso será julgado no município de Otjozondjupa, na Namíbia. A primeira audiência já está agendada para terça-feira desta semana.

Era o sonho do casal

O casal estava na África para fazer um safari expedicionário por alguns países do continente. Natale tinha residência com o marido também no Rio de Janeiro e trabalhava atualmente em Verona, na Itália. No Brasil, possui clínica em Natal e em Belo Horizonte. Eles se conheceram durante o curso de cirurgia plástica e estavam casados há mais de 20 anos. Em uma postagem nas redes sociais, o médico detalhou os planos da viagem, que incluíam cruzar a África em um SUV 4x4, contemplando a natureza primitiva e suas regras. Era o sonho do casal. 

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA