Banner

OCULUM 600 120

 

As famílias potiguares devem movimentar aproximadamente R$ 91,4 bilhões em bens de consumo em 2024, o que representa um crescimento de 6% no comércio do Rio Grande do Norte em comparação com o ano passado (R$ 86,2 bilhões). Os setores automotivo, de alimentação, de habitação, higiene e cuidados pessoais são os que possuem os maiores potenciais de consumo.

A conclusão é da Pesquisa Índice de Potencial de Consumo (IPC Maps), que se baseia na previsão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2%. Em todo o País, os consumidores deverão desembolsar R$ 7,3 trilhões, uma alta de 2,5%.

Em relação aos hábitos de consumo, a pesquisa verificou que as maiores despesas do potiguar serão com habitação (R$ 15,17 bilhões); alimentação no domicílio (R$ 10,60 bi); veículo próprio (R$ 9,47 bi) alimentação fora de casa (R$ 6,04 bi); higiene e cuidados pessoais (R$ 3,80 bi); plano de saúde e odontológico (R$ 3,06 bi); educação (R$ 2,38 bi); medicamentos (R$ 2,37 bi); vestuário confeccionado (R$ 2,35 bi); recreação e cultura (R$ 1,89 bi); e outras despesas (R$ 13,24 bi).

Tribuna do Norte


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA