Escrita

Escrita banner

 

Neste ano de 2024 o Mossoró Cidade Junina também está contando com a atuação de equipes do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que está com uma laboratório forense dentro do circuito do evento.

A reportagem do Portal Mossoró Hoje foi até o laboratório conhecer a estrutura e falar com o perito Clélio Soares, sobre o trabalho que está sendo desenvolvido no local.

Ele explicou que este é o primeiro ano que o Itep está presente no MCJ. Os peritos estão realizando um trabalho de análise e instantânea de entorpecentes que são apreendidos durante as festas.

Com isso, em caso positivo para algum tipo de droga, é possível emitir um laudo imediato para que a polícia civil consiga autuar em flagrante a pessoa que estava portando o material ilícito.

No laboratório é possível identificar drogas como cocaína, maconha, crack, lança perfume e o chamado “loló”, por exemplo.

“Isso dá uma agilidade na apuração desses casos que, em outras horas, eles iam para a delegacia e levava um tempo até chegar ao Itep, para poder emitir o laudo definitivo. Então com a presença do laboratório aqui dentro do Centro Integrado, próximo às autoridades, facilita o contato e também o apoio técnico que a perícia possa oferecer em caso de dúvidas sobre esses entorpecentes”, explicou o perito.

Além deste trabalho, a equipe do Itep também está realizando uma conscientização sobre o golpe conhecido como “Boa Noite, Cinderela”, por meio do qual os golpistas dopam suas vítimas para cometer crimes com elas, sejam de abuso sexual ou até mesmo para realizar roubos pertences, cartões, senhas de bancos etc.

Neste caso, o perito alerta para os cuidados que as pessoas devem ter durante o evento, principalmente em meio a multidões, tais como estar sempre alerta ao seu copo, não aceitar nada de estranhos e, em caso de já está em um nível mais avançado de embriaguez, procurar se cercar de pessoas amigos e pessoas conhecidas.

Clélio ainda alerta que, caso a pessoa, ou algum amigo, perceba que tem algo estranho, que procure imediatamente uma autoridade competente.

Mossoró Hoje

Mossoró Hoje


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA