Escrita

Escrita banner

 

Foto: Eduardo Paiva (TV Globo)

A taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte foi de 13,8%, segundo os dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que estão presentes no Censo Demográfico 2022. A taxa representa quase o dobro da média nacional, que foi de 7%.

Os dados do IBGE são referentes às pessoas com 15 anos de idade ou mais que não sabem ler e escrever uma carta simples.

A média do estado, no entanto, ficou abaixo da média do Nordeste, que foi 14,2%. A região foi a que teve o índice de analfabetismo mais alto do país. Em comparação à última edição da pesquisa, de 2010, houve relativa melhora: um salto de 80,9% de alfabetizados no Nordeste para 85,79%.

Veja índices de analfabetismo no Nordeste (do maior para o menor):

Alagoas – 17,6%

Piauí – 17,2%

Paraíba – 15,9%

Maranhão – 15%

Ceará – 14,1%

Rio Grande do Norte – 13,86%

Sergipe – 13,81%

Pernambuco – 13,4%

Bahia – 12,6%

Raças

O IBGE também apontou que o analfabetismo é maior no RN entre pessoas pretas. Veja os índices por raça no estado:

Branca – 10,9%

Preta – 20%

Parda – 14,7%

Homens e mulheres

A taxa de analfabetismo no estado foi maior entre os homens (16,6%). As mulheres tiveram índice de 11,3%.

Idades

Quanto às faixas etárias, a média de pessoas analfabetas entre 15 e 19 anos foi a mais baixa, enquanto a faixa com pessoas acima de 65 anos atingiu um índice de 37%. Veja abaixo média de analfabetismo por faixa de idade no RN:

15 a 19 anos – 2,7%

20 a 24 anos – 3%

25 a 35 anos – 4,1%

35 a 44 anos – 8,9%

45 a 54 anos – 17,3%

55 a 64 anos – 24,1%

65 anos ou mais – 37,2%

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA