GOVERNO

640x128

 


Em portaria publicada na edição desta quarta (01) no Diário Oficial de Mossoró, o produtor cultural Francisco Thiago Bento da Silva foi exonerado do cargo em comissão de diretor administrativo na função de diretor do Departamento de Gestão Cultural. Thiago era o responsável pela execução do Chuva de Bala no País de Mossoró.

Além de atuar na gestão do espetáculo, Thiago Bento ocupou a função de diretor da Escola de Artes na atual administração.

O espetáculo Chuva de Bala 2024 está na fase de ensaios do elenco, além da seleção de jovens talentos. A Prefeitura anunciou que houve recorde de inscritos para novos artistas.

A estreia da temporada deste ano acontece no dia 06 de junho. A direção geral é de Leonardo Wagner.

Áudios nas redes sociais

Na noite de quarta-feira(01), áudios atribuídos a Thiago Bento circularam em mensagem em grupos de Whatsapp. A gravação de uma suposta reunião mencionava acordos para realização do evento e pagamentos de cachês a companhias teatrais e artistas.

Em nota, a Prefeitura de Mossoró informou que “tomou conhecimento de áudio envolvendo servidor do Município, o qual tratava de suposto caso de irregularidade no trato da coisa pública. Referido servidor já foi exonerado e o caso agora deverá ser apurado pelas instâncias competentes”, detalha.

Leia mais: Estoura mais um escândalo da gestão Allyson envolvendo dinheiro da Cultura

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO