Independência

Independencia banner

Com foco na melhoria dos principais corredores turísticos do Rio Grande do Norte, a governadora Fátima Bezerra assinou na sexta-feira (24), na sede da Prefeitura de Goianinha, a ordem de serviço para restauração de 242,9 quilômetros de estradas, o que representa um investimento de R$ 128 milhões em obras rodoviárias.

Segundo a governadora Fátima Bezerra, a recuperação das rodovias não só reforça a infraestrutura viária, mas também impulsiona o desenvolvimento econômico estadual, ao melhorar a experiência dos turistas no acesso aos principais destinos potiguares.

“A estrada é para as pessoas. Tem uma vocação que é para promover o desenvolvimento econômico, integrando as comunidades, integrando as regiões, e no caso aqui da região do litoral, tem uma característica muito especial que é a vocação para o turismo”, diz Fátima Bezerra.

“Nesse lote 3 são 243 quilômetros que, somados ao lote 1 e ao lote 2, só nessa primeira etapa, nós vamos recuperar quase 800 quilômetros, fazendo o investimento da ordem de R$ 428 milhões. Não é pouca coisa, se você considerar que há 20, 30, 40 anos não se fazia um investimento desse porte. Aliás, eu ouso afirmar que é o maior investimento já feito na recuperação das estradas do Rio Grande do Norte, e nós não vamos parar por aqui”, declara a governadora Fátima Bezerra, agradecendo o apoio do Governo Federal.

Conforme o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN), uma das obras contempladas é a recuperação da RN-003, a estrada da Pipa. O trecho é essencial para o acesso à praia de Pipa, um dos destinos turísticos mais famosos do estado.

Outro destaque é a restauração da RN 221, que conecta a BR 101 a São Miguel do Gostoso. Com 15,9 km de extensão, a restauração vai permitir melhor acesso à região de São Miguel do Gostoso, destino conhecido pelas belas praias e ventos propícios para esportes náuticos.

No IV Distrito Rodoviário, que abrange a região de Nova Cruz, as obras incluem, além da RN-003, as rodovias RN-023 e a RN-092, RN-093 e RN-269, sendo esta última a ligação entre as cidades de Passa e Fica e Serra de São Bento.

Além disso, as melhorias também beneficiam o tráfego entre os municípios da Baixa Verde potiguar, com a restauração da RN-051 (entre a BR-406 e o município Poço Branco) e a RN-403, em Macau, que vai melhorar o trecho entre as comunidades barreiros e Diego Lopes, que também é um importante corredor turístico do Litoral Norte potiguar.

No V Distrito Rodoviário, que contempla a Região Metropolitana, o projeto de restauração abrange importantes rodovias que facilitam o acesso às praias do litoral Sul, como a RN-063, que percorre 19 quilômetros no município de Nísia Floresta até alcançar a praia de Barra de Tabatinga.

As obras também incluem a RN-312 (Macaíba – Igreja Nova), com 12 km. Além disso, a rodovia de acesso entre a BR 101 e a região de Maracajaú, com 8 km, vai receber melhoria asfáltica.

Atualmente, o Rio Grande do Norte conta com três lotes de projetos de restauração viária em curso. No último dia 9 de maio, houve a assinatura da segunda ordem de serviço para recuperação de estradas. Nesta etapa, os serviços abrangem mais de 300 quilômetros de rodovias.

A primeira ordem de serviço foi para o Lote 1, totalizando 210 quilômetros, nos distritos de Mossoró e Pau dos Ferros, foi assinada em 3 de maio. O terceiro lote tem 242,9 quilômetros.




Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO