Independência

Independencia banner

 

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN) promoveu na sexta-feira (17) a formatura de 131 novos aspirantes do Curso de Formação de Oficiais (CFO). A cerimônia aconteceu na Academia de Polícia Militar Coronel Milton Freire, com a presença do governador em exercício, Walter Alves. Esta é a primeira turma de oficiais combatentes formada desde o último concurso realizado em 2005.

Os aspirantes de 2024 constituem a 10ª turma formada na Academia de Polícia Militar e a 21ª turma da PMRN, designada este ano de “Turma Centenário do Coronel Milton Freire de Andrade”, em homenagem ao coronel do Exército Brasileiro e ex-comandante geral da PMRN. O curso contou com uma carga horária total de 2.580 horas-aula, iniciado em março de 2023 e com duração de 14 meses.

Os formandos da turma deste ano são os primeiros que ingressaram a partir da Lei Complementar 683 de 2021, que extinguiu a diferenciação por sexo para entrada de soldados e oficiais na corporação. “Isso representa um avanço significativo para a nossa sociedade no sentido de promoção da igualdade de gênero”, disse o governador em exercício.

Durante seu discurso, Walter Alves afirmou que, mesmo enfrentando dificuldades financeiras, o governo do Rio Grande do Norte tem trabalhado para promover melhorias na área da segurança pública. Desde 2019, a Polícia Militar retomou a abertura de concursos públicos.

Em 2020, o primeiro concurso chamou 1.014 novos policiais militares. Em dezembro de 2021, o segundo concurso formou 290 policiais, sendo 197 mulheres. Outros concursos ofereceram 78 vagas para oficiais na área da saúde. Além disso, há a turma dos 131 oficiais que se formaram nesta sexta-feira.

“O atual governo sabe a importância da segurança pública. Temos plena consciência de que concursos, promoções, investimentos, equipamentos e formação geram resultados,” afirmou o governador em exercício.

Durante a solenidade, os 131 novos oficiais foram declarados aspirantes. A partir de agora, todos estão aptos a exercer suas funções na fiscalização do policiamento ostensivo e fortalecer as unidades operacionais e especializadas da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO