GOVERNO

640x128

 


Na manhã de segunda-feira, 15 de abril, a Prefeitura de Tibau, diante dos prejuízos ocasionados pelas recentes chuvas e alagamentos, declarou oficialmente estado de emergência.

Em nota, a Prefeitura afirma que foram implementadas estratégias de drenagem para a água acumulada, incluindo a instalação de três bombas hidráulicas e mais de 600 metros de canos, com o objetivo de facilitar o escoamento das águas pluviais para o mar. Além disso, a região afetada está sendo monitorada, com o auxílio de drones, para avaliar a eficácia das medidas adotadas e garantir a segurança dos habitantes.

A Prefeitura de Tibau também agendou uma reunião para esta quarta-feira, 17 de abril, entre a equipe de engenharia local e representantes de uma empresa especializada.

Adicionalmente, será iniciado um processo licitatório para a aquisição de novos motores e bombas hidráulicas, informou.

Em trecho do decreto, a Prefeitura informa quais áreas estão em situação mais crítica e autoriza a mobilização da Defesa Civil:

“Art. 1°. Fica declarada a situação de emergência nas áreas do Bairro Emanuelas, Vila dos Professores e Loteamento Barra de Tremembé do Município de Tibau, em virtude das chuvas intensas (COBRADE 1.3.2.1.4), alagamentos (COBRADE 1.2.3.0.0) e deslizamento (COBRADE 1.1.3.2.1), conforme o anexo da Portaria n° 260/MDR/2022.

​Art. 2°. Autoriza-se a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a coordenação do Coordenador de Proteção e Defesa Civil do Município de Tibau, nas ações de resposta para recuperação do cenário e reconstrução das áreas afetadas.”

TCM Notícia



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO