GOVERNO

640x128

 

Pelo menos quatro pessoas presas ao longo das buscas pelos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Oeste potiguar, por suspeita de fazerem parte da rede de apoio aos criminosos, foram soltas por decisão da Justiça Federal na quarta-feira (10).

Rogério Mendonça e Deibson Cabral fugiram da prisão de segurança máxima no dia 14 de fevereiro e foram recapturados na última quinta-feira (4) no Pará.

Segundo a 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró, o juiz revogou a prisão preventiva de quatro pessoas e expediu contramandados (suspensão do mandado anterior) para outras duas que estavam foragidas.

O advogado de três dos presos - um detido na Cadeia Pública de Mossoró e outros dois em Fortaleza - também confirmou a informação da soltura ao g1. Segundo o advogado, o magistrado considerou que a liberação dos presos não causa riscos à garantia da ordem pública. O processo segue em sigilo.

Dois presos deixaram a Cadeia Pública de Mossoró ainda na tarde de quarta-feira (10).

Entre os suspeitos liberados estaria um homem que, segundo a polícia, teria ido ao Ceará e voltado com um carro, deixado em Baraúna, para ajudar os fugitivos. Outro solto foi o mecânico automotivo que teria dado abrigo aos fugitivos em uma chácara na zona rural de Baraúna. Esses dois já foram indiciados pela Polícia Federal.

Um terceiro investigado liberado da prisão seria o homem de 25 anos que foi preso em uma pousada de Fortaleza.

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO