GOVERNO

640x128

 

Um agente da Guarda Municipal de Macau tentou matar um colega a tiros dentro da viatura da instituição, no dia 5 de abril, segundo concluiu a investigação da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

A cidade fica localizada na região da Costa Branca potiguar, na área central do estado. Nesta semana, os investigadores da 59ª Delegacia de Polícia concluíram o inquérito que apurou o crime e indiciou o suspeito.

Segundo a Polícia Civil, na ocasião, dois guardas municipais entraram em "vias de fato" dentro da viatura. Um deles sacou uma pistola calibre 9 milímetros e atirou em direção ao ouro. Segundo a polícia, no entanto, a vítima não sofreu danos.

O autor do disparo foi autuado em flagrante e teve a prisão convertida em preventiva. Ele deverá responder por tentativa de homicídio.

"No decorrer das investigações, foram ouvidas várias pessoas, dentre as quais familiares, amigos e guardas municipais que estavam também na viatura, que confirmaram um entrave antigo entre os dois", informou a Polícia Civil.

A arma e munições foram encaminhadas ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Além do indiciamento, também foi solicitado um laudo pericial sobre a sanidade mental do autor do crime.

G1/RN


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

INDEPENDÊNCIA

GOVERNO