Governo

640x128

 


O torcedor mossoroense não quer a saída do Estádio Municipal Leonardo Nogueira do seu endereço de origem, no bairro Nova Betânia. Há pouco, o Baraúnas fez uma enquete em sua rede social e a maioria dos tricolores defende a permanência do Nogueirão no mesmo local. Antes, uma pesquisa realizada pelo Potiguar via de internet também apresentou resultado semelhante.

O resultado das duas pesquisas contraria o desejo do prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra que, em entrevista recente afirmou que pretende tirar o Nogueirão do endereço de origem por força de permuta em Parceria Público-Privada (PPP). Ou seja, todo o terreno onde está situado o Nogueirão seria cedido a uma empresa que, em troca, construiria um novo estádio em outro endereço, cuja localidade é guardada sob segredo.

Por ser polêmico, a Prefeitura evita tocar no assunto, mas comenta-se que o processo da permuta está em andamento. A empresa, assim como a localidade para construir o novo Nogueirão, não tem o nome revelado. No entanto, o sucesso da permuta depende de uma autorização da Câmara Municipal de Mossoró (CMM).

De acordo com a Lei Orgânica municipal, em seu artigo N° 113, a aquisição de bens imóveis “por compra ou permuta, dependerá de prévia avaliação e autorização legislativa”. Dessa forma, o processo terá de passar pelo crivo dos vereadores.

Na Câmara, a bancada governista é maioria, o que em tese a permuta, nos moldes como se desenha e como quer o prefeito, tende a ser aprovada. Mas comenta-se que alguns vereadores da própria situação não são simpáticos à ideia, observando suposto desgaste junto aos desportistas. Esse detalhe é levado em consideração devido a 2024 ser ano de eleição municipal.

ENQUETE

A enquete do Baraúnas foi feita na página de Instagram do clube em seu Story. De acordo com o informativo do clube, 98 torcedores responderam à pesquisa, que perguntava qual item era prioritário (localização, estrutura e capacidade).

A maioria da torcida leonina optou por um estádio com capacidade para 20 mil pessoas, no mesmo local do atual, no bairro Nova Betânia, e com estrutura de arena multiuso.

Há três semanas, o Potiguar fez a dele também em rede social e o resultado foi semelhante, pois a maioria dos alvirrubros também desaprova a saída do Nogueirão do Nova Betânia, principalmente por uma questão de viabilidade e pertencimento cultural/esportivo.

Por Marcos Santos / Repórter do Jornal De Fato


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim