Governo

640x128
Foto: Reuters

 O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou na quinta-feira (29) as forças de ocupação israelenses por abrirem fogo contra palestinos famintos que aguardavam ajuda humanitária ao sul da Cidade de Gaza, matando mais de 100 vítimas e ferindo outras 700.

Stephane Dujarric, porta-voz de António Guterres, disse num comunicado: “O Secretário-Geral condena o incidente de hoje no norte de Gaza, no qual mais de uma centena de pessoas foram alegadamente mortas ou feridas enquanto procuravam ajuda vital”.

Dujarric reiterou a exigência de Guterres por um cessar-fogo humanitário imediato e disse que o chefe da ONU “mais uma vez apela a medidas urgentes para que a ajuda humanitária crítica possa entrar e atravessar Gaza para todos os necessitados”.

“As contínuas hostilidades e outros desafios continuam a impedir os nossos esforços para chegar aos civis em Gaza com cuidados de saúde e nutrição que salvam vidas”, acrescentou Dujarric.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Cacim